Óleo essencial de Ylang-ylang - 10mL

Certificação biológica na origem - Madagascar

HIDRODESTILAÇÃO DAS FLORES

 

Confira nos links abaixo, alguns artigos científicos sobre as propriedades deste óleo essencial:

 

<https://repository.unmul.ac.id/bitstream/handle/123456789/2987/3-TURNITIN-6_In%20vitro%20antibacterial%20activity%20of%20essential%20oils.pdf?sequence=2>

 

<https://www.liebertpub.com/doi/pdf/10.1089/acm.2019.0222>

 

<https://pdfs.semanticscholar.org/8d01/3c902410aa48a0735575db20024383774e73.pdf>

 

 

Óleo essencial de Ylang-ylang TOTUM (Cananga odorata)

REF: 101
16,00 €Preço
Size: 10 mL
  • Óleo essencial de pequeno produtor de Madagascar, certificado biológico na origem.  

    Ylang-ylang totum - Cananga odorata

    ÓLEO ESSENCIAL DE YLANG YLANG, A FLOR DAS FLORES 

    Conhecida como a “flor das flores” o ylang ylang expressa a sua graciosidade já em seu nome, que advém da palavra filipina “Alangllang”, em menção a fluidez e ao aroma inebriante que suas pétalas de coloração amarelada exalam ao dançar com o vento. 

    O ylang ylang (Cananga odorata) é uma árvore pertencente à família Annonaceae, originária das zonas tropicais úmidas como a Indonésia e a Malásia. Em estado selvagem ela pode exceder os 20 metros de altura, entretanto, em cultivos comerciais costuma-se mantê-la entre dois ou três metros para maior produtividade e facilidade de colheita. 

    A família Annonaceae contém duas subespécies de Cananga odorata, que são usadas comercialmente para produzir óleos essenciais. São elas: Cananga odorata var. genuína (proveniente de Madagascar e Comores, com reputação mais tradicional e conhecida por produzir óleos essenciais de aroma mais intenso e destacável) e a Cananga odorata var. macrophyllia (proveniente da Indonésia). Ambas as árvores compartilham muitas semelhanças, contudo, os seus óleos essenciais possuem diferentes composições químicas e também qualidades aromáticas diferenciadas. 

    O primeiro cultivo de ylang ylang para a destilação comercial de óleos essenciais ocorreu no século 19, na ilha de Luzon nas Filipinas, tendo representado esta a única fonte de óleo essencial de ylang ylang até quase o início do século 20. 

    A colheita das flores para a extração do óleo essencial é realizada de modo inteiramente manual e possui um rendimento de produção de em média 2% do material colhido. O óleo essencial de ylang ylang distingue-se, em síntese, pelo seu aroma frutado, floral, doce, exótico, rico e intenso. Fortemente apreciado pela alta perfumaria, é uma das matérias-primas fundamentais para grandes marcas como Chanel e Dior. 

    A destilação do óleo essencial de ylang ylang tem como característica particular a extração a partir de fracionamento, com vários tipos de óleos sendo obtidos em cada um dos estágios da destilação. Assim sendo, é possível encontrar diferentes variedades do óleo essencial de ylang ylang, com qualidades aromáticas e composições químicas distintas de acordo com cada um dos procedimentos de destilação e também referente ao seu país de origem. 

    A destilação das flores é uma operação delicada, que pode perdurar por dias. Durante todo o processo podem ser obtidos até seis qualidades diferentes de óleo essencial, que vão desde o extra superior a quinta fração, com qualidade inferior. Há uma gradual perda da qualidade aromática do óleo entre a primeira fração (principalmente ésteres) para a última fração (principalmente sesquiterpenos). Também é possível encontrar o óleo absoluto extraído por solvente e ainda por extração supercrítica. 

    CANANGA ODORATA VAR. MACROPHYLLIA

    Os óleos essenciais advindos da Cananga odorata var. macrophyllia também costumam ser popularmente conhecidos como óleo essencial de cananga. Estes são usados comumente como um substituto aromático mais econômico para o óleo de ylang ylang tradicional. Esta variedade caracteriza-se por possuir um aroma menos intenso, menos floral e mais verde, quando comparado ao óleo essencial de ylang ylang. 

    YLANG YLANG EXTRA 

    A primeira fração extraída é denominada de extra, sendo obtida geralmente depois de uma hora do início do processo da destilação. Este óleo essencial caracteriza-se por possuir um aroma mais refinado, sendo empregado especialmente pela indústria da alta perfumaria. O seu aroma é cheio, exótico, voluptuoso, fresco, frutado e intensamente floral. Esta variedade possui destacável qualidade aromática, sendo empregada quase que exclusivamente para a produção de fragrâncias na alta perfumaria. É também especialmente indicada pelas suas propriedades afrodisíacas, harmonizadoras da psique, calmante (ansiedade, estresse, nervosismo e irritabilidade) e também regeneradoras da pele, apropriada para uso cosmético no cuidado de peles envelhecidas e desidratadas. 

    YLANG YLANG I 

    Depois que o óleo classificado como extra é coletado, o processo de destilação continua. Após uma média de três horas o processo é interrompido e o óleo resultante é novamente coletado, ao qual chamamos de ylang ylang I. Esta variedade também é indicada para os cuidados da pele e para a promoção do bem-estar geral. 

    YLANG YLANG II 

    O ylang ylang II é obtido após uma média de cinco/seis horas de destilação e atua como uma variedade intermediária entre o I e o III.

    YLANG YLANG III 

    O ylang ylang III é obtido após uma média de nove/dez horas de destilação. Caracteriza-se por possuir um aroma menos intenso e menos refinado, quando comparado aos demais. É indicado para o cuidado de peles oleosas e acneicas, sua ação calmante, contudo, não é tão intensa. 

    YLANG YLANG TOTUM ou COMPLETO

    O ylang ylang completo é a combinação de todas as outras frações, sendo obtido após mais de 15 horas de destilação. Junto ao ylang ylang extra esta é a variedade mais usualmente empregada na aromaterapia, com destacável ação terapêutica. Agrega todas as propriedades atribuídas ao óleo essencial de ylang ylang, como as ações hipotensora, anti-inflamatória, hidratante, repelente de insetos, antidepressiva, afrodisíaca, sedativa. 

    CONTRAINDICAÇÃO: 

    Usado em doses fisiológicas e terapêuticas o óleo essencial de ylang ylang, em qualquer uma de suas variedades, não apresenta contraindicações. Apresenta, contudo, potencial de sensibilização cutânea, devendo ser administrado com cautela em peles mais sensíveis ou em áreas onde a função da barreira estiver enfraquecida. Recomenda-se, por precaução, evitar o seu uso em crianças. 

    REFERÊNCIAS: 

    FÁBIÁN LÁSZLÓ 

    BAUDOUX, Dominique O grande manual da aromaterapia de Dominique Baudaux / Dominique Baudoux; [Tradução: Mayra Corrêa e Castro], Belo Horizonte: Editora Laszlo, 2018. 

    BONTIN, Olivier de et al. YLANG-YLANG OIL PRODUCTION IN MADAGASCAR AND THE COMOROS. The Industry in Sub-Saharan Africa and the Indian Ocean Islands’. Pages 123-135 in the printed Conference Proceedings.

    LAVABRE, Marcel. Aromaterapia: A cura pelos óleos essenciais. / Marcel Lavabre; [Tradução: Cecília Barbosa], Belo Horizonte: Editora Laszlo, 2018.

BTI Quantum - Grupo BTI Expertise

Shop

Social

ALGARVE

PORTUGAL

btiquantum@gmail.com

  • Facebook
  • YouTube
paypal-logo-payment.png
codigos-iban-bic.jpg

Seja o primeiro a saber:

Newsletter

Parceiros

arte 2.jpg
Laszlo.jpg
Almofariz_Vila.jpg
LOGO duaine kuhn site copy.png
mandala-sem-fundo-300x300.png
ESAN_logo_transparent.png

btiquantum@gmail.com 

+351 932 147 699

© 2019 by BTI EXPERTISE  www.btiexpertise.com